Alcaçuz 60 Capsulas 300mg - Aldeia das Ervas

Código: ALCA60 Marca:
R$ 35,00 R$ 25,00
Comprar Estoque: Disponível
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

ALCAÇUZ

 

 

Nome científico: Glycyrrhiza glabra L.

 

Nome popular: Alcaçuz, Alcaçuz verdadeiro, Regoliz, e Raiz-doce, em Portugal; Licorice e Sweet Root, em inglês; Ororuz, Palo Dulce, Regaliza, Regaliz e Regoliz, em espanhol; Regolizia, na Itália; Réglisse, na França; Lakritzenholz, na Alemanha; Lakris, na Dinamarca; Lakrycya, na Polônia; Lakrits, na Suécia.

 

Parte Utilizada: Raiz e rizoma.

 

Forma na Natureza: trata-se de uma planta vivaz pertencente à família das papilonáceas, caracterizada por apresentar altura próxima aos 1,5 m; raiz axonomorfa alargada, folhas compostas, alternas, elípticas com 4-8 pares de folíolos, flores de cor azul-violáceo dispostas em ramos e o fruto é um legume plano e alargado de uns 2 cm de comprimento. Cresce em solo rico e arenoso.

 

Atualmente é cultivado na Espanha, Índia, Irâ, Turquia, China e Rússia.

 

A Glycyrrhiza glabra(nome científico) é uma espécie encontrada nas zonas temperadas da Europa meridional e da Ásia. O nome “glicirriza” é de origem grega e significa “raiz doce”.

 

O uso medicinal do alcaçuz é datado dos povos antigos (na antiguidade, gregos, romanos, chineses e egípcios mencionavam esta planta), em particular, os egípcios relatavam sobre esta planta em seus papiros, e os assírios faziam o mesmo em seus escritos.

 

A planta já era conhecida e à usavam como expectorante e para o tratamento de úlceras.

 

Em sua composição existem muitas proteínas, fibras, vitaminas e minerais.

 

Indicações: afecções gastrintestinais e respiratórias.

 

Gastrite

Úlceras gastrointestinais

Refluxo gastroesofágico

Espasmos gastrintestinais

Prisão de ventre

Tosse

Bronquite

Asma

Excelente potencial expectorante

Coadjuvante do emagrecimento

Propriedade laxativas

 

 

O Alcaçuz possui:

 

Ação antioxidante e antialérgica;

Ação expectorante sobre o trato respiratório: reduz o excesso de muco e desobstrui as vias aéreas;

Ação anti-inflamatória;

Ação hipocolesterolemiante;

Ação destoxificante;

Ação antimicrobiana;

Ação antidepressiva;

Ação laxativa.

Alguns usos terapêuticos:

 

Corretivo de sabor na indústria farmacêutica, anti-placa bacteriana em odontologia, anti-inflamatório, anti-tussígeno, expectorante, anti-asmático, anti-alérgico, imunomodulador, anti-espasmódico, carminativo (contra gases), hepatoprotetor, anti-ulcerogênico, anti-agregante plaquetário, uso tópico como anti-inflamatório, cicatrizante e descongestionante.

É usado como aromatizante e edulcorante, em vários produtos alimentícios.

 

Ação Farmacológica:

 

A Glicirricina é uma saponina com baixo índice hemolítico e apresenta um importante poder edulcorante (50 vezes mais doce que o açúcar), utilizado na indústria farmacêutica como agente corretivo de sabor, mascarando o sabor amargo de drogas como o Aloe, Cloreto de Amônio e Quinina. Empregado como veículo para uso oral, tem demonstrado inibir o desenvolvimento de bactérias e a formação de placas nos dentes. Também demonstrou possuir atividade anti-inflamatória, antitussígena e expectorante.

 

Diminui as contrações intestinais, por isso é associado com purgativos drásticos. Suas indicações mais recentes compreende o tratamento das úlceras gastrointestinais e da doença de Addison.

 

Por via externa é usado em abcessos, estomatites e flebites.

 

A glicirrizina possui atividade antitussígena e, potencializa a ação anti-inflamatória da hidrocortisona. Outros flavonoides como o liquiritosídeo também demonstraram, in vitro, atividade anti-inflamatória.

 

O Alcaçuz possui em sua composição muitas fibras e propriedades laxativas, portanto tem sido utilizado como coadjuvante no emagrecimento.

 

Age também sobre o sistema nervoso central, sendo benéfico no mecanismo da ansiedade.

 

Outro dos mecanismos de ação do Alcaçuz indica a diminuição dos índices de testosterona, por isso tem ação hormonal no tratamento da síndrome do ovário policístico

 

Toxicidade e Contraindicações:

 

O Alcaçuz é considerado de baixa toxicidade, no entanto, não deve ser usado (ou usado com cautela):

 

Por pacientes com histórico de hipertensão arterial e diabetes tipo II,

Insuficiência renal,

Hiperestrogenismo e neoplasias hormônio-dependentes.

Evitar o uso contínuo e prolongado (máximo de 04 semanas, com atenção especial a pressão arterial).

 

Em casos de hemorragia,

Em casos de câimbras por depleção de potássio.

Não é indicado na gravidez e lactação devido à presença de substâncias estrogênicas.

 

Sua administração concomitante com corticoides e ciclofosfamida pode aumentar a atividade dos mesmos. Pode interferir em tratamentos hormonais e terapias hipoglicemiantes.

 

Devido à sua atividade hormonal, o Extrato Seco de Alcaçuz pode causar quadros de amenorreia.

 

Pode causar Amenorreia (falha da menstruação).

 

Dosagem e Uso:

 

Extrato Seco (5:1): de 0,2 a 1 ao dia;

Rasura: 100 a 400 mL ao dia;

Infuso ou decocto a 5 %;

Pó: 2 a 5 g, uma a três vezes ao dia;

Extrato Fluido (1:1): 30 a 50 gotas, uma a três vezes ao dia;

Tintura (1:5): 50 a 100 gotas, uma a três vezes ao dia;

Xarope: 50 a 200 mL ao dia.

 

 

Entre em contato conosco:

aldeiadaservas@gmail.com, Tel (011) 4192-4772, Whats: (011) 94161-3764

Orientações:

 

O pedido só será manipulado após a conclusão do mesmo, seguindo as normas preconizadas pela ANVISA.

Todas as informações descritas no site são embasadas por artigos científicos e laudos dos fornecedores, não caracterizando propaganda ou estímulo a automedicação.

Procure sempre a orientação de um profissional habilitado, evite a automedicação. Qualquer medicamento seja ele de origem natural ou sintética oferece riscos.

Imagens meramente ilustrativas.

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas. (Lei 5991/73)

Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;

Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor e luz direta. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;

Nunca use produtos com validade vencida.

Esse produto não é indicado para gestantes e lactantes, sempre consulte um médico nesses casos;

Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;

Em caso de hipersensibilidade, interrompa o uso e procure um médico.

Referências Bibliográficas:

 

https://infinitypharma.com.br/uploads/insumos/pdf/a/alcacuz-extrato-seco.pdf

http://florien.com.br/wp-content/uploads/2016/06/ALCA%C3%87UZ.pdf

https://www.iberoquimica.com.br/Arquivos/Insumo/arquivo-162835.pdf

 

R$ 35,00 R$ 25,00
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Aldeia das Ervas é Pioneira em Manipulação de Medicamentos e Receitas, aqui você encontra os melhores produtos e profissionais do mercado, para atender suas necessidades e garantimos os melhores produtos e qualidade.

Selos
  • Site Seguro

Aldeia das Ervas - CNPJ: 22.103.399/0001-79 © Todos os direitos reservados. 2020