Cardo Mariano - Silimarina 30 Capsulas 160mg - Aldeia das Ervas

Código: CARDO30 Marca:
R$ 38,00 R$ 25,00
Comprar Estoque: Disponível
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

CARDO MARIANO / SILIMARINA

 

 

Nome científico: Silybum marianum (L.) Gaertn.

 

Nome popular: Silimarina, cardo de santa-maria, cardo-mariano, cardo-santo, cardo-asnal, cardo-de nossa-senhora, cardo-branco, cardo de leite, serralha-de folhas-pintadas, leite thistle abençoado, marian thistle, mary cardo, milk thistle mediterrâneo, thistle variegated.

 

Família: Compositae / Asteraceae.

 

Parte Utilizada: Fruto.

 

Forma na Natureza: planta anual ou bienal, que cresce entre 1,5 a 3 metros de altura e tem folhas grandes e espinhosas. Quando quebradas as folhas e os caules soltam uma seiva leitosa. As flores, vermelho-púrpura possuem bordas com espinhas afiadas. As frutas são brilhantes, pintadas, pretas ou cinzentas que são frequentemente referidas como sementes. Estas frutas compõe a parte do cardo-mariano, que junto com seus pelos prateados, caem prontamente.

 

Indicações:

Na alopatia e na fitoterapia, é utilizada em doenças hepáticas (icterícia, cirrose e hepatite), em doenças da vesícula biliar e serve como hepatoprotetor contra venenos. O extrato dessa planta tem seu uso medicinal sob o nome de silimarina, que comprende um complexo composto por várias substâncias (flavonoides: silibina ou silibinina, silidianina, silichristi­na), também com ações extra-hepáticas descritas, como an­tifúngicas, antiedema cerebral e antidepressivas.

 

Hepatoprotetor

Antioxidante

Anti-inflamatório

Depurativa e digestiva

Citoprotetor

Anti-colesterolemica

Regulador metabólico

Coleretica e Colagogo

Hepatopatia alcoólica

Hepatite viral aguda e crônica

Coadjuvante no tratamento de inflamações hepáticas crônicas

Cirrose hepática

Lesão hepática induzida por toxinas

Transtornos dispépticos

Ulceras gástricas e duodenais

Distúrbios gastrointestinais

Ação Farmacológica:

 

Dos frutos do Cardo Mariano (Silybum marianum L. Gaertn.), se extrai o princípio ativo, com nome de Silimarina. Ela tem sido usada há milhares de anos para tratar de problemas do fígado.

 

Suas propriedades reconhecidas são: anti-hepatotóxica, anti-inflamatória, antioxidante, antitumoral e hepatoprotetoras.

 

A Silimarina e o nome genérico de um grupo de compostos naturais (Silibinina + Iso Silibin) extraída das sementes da planta, reconhecida por sua atividade hepatoprotetora.

 

Age aumentando a síntese de RNA mensageiro, o que acelera a síntese proteica. É utilizada no tratamento de hepatopatias crônicas, cirrose, esteatóse e lesão hepatotóxicas, produzindo melhora dos sintomas clínicos (cefaleia, astenia, anorexia, distúrbios digestivos, entre outros).

 

Sua associação com DL-metionina é capaz de reduzir ou impedir a infiltração gordurosa e a cirrose no fígado. O efeito terapêutico da Silimarina e baseado em sua influência sobre a permeabilidade e a função excretora das células hepáticas, bem como na sua eficiência metabólica. E um potente estabilizador hepático, preservando a função fisiológica hepática.

A Silimarina:

 

Impede a peroxidação dos lipídeos da membrana celular e das organelas dos hepatócitos, protegendo, desta forma, a integridade e a função hepática de eventuais substancias toxicas, tanto de origem endógenas como exógenas. Reduz os níveis séricos das lipoproteínas de baixa densidade (LDL) e a biossíntese do colesterol, possivelmente por inibição da enzima 3-hidroxi-3-metilglutaril coenzima A-redutase.

Reduz a concentração do colesterol biliar.

Protege a célula do fígado da influência nociva de substancias endógenas e exógenas.

Acelera a regeneração do parenquima hepático pelo aumento da síntese de RNA do fígado.

Auxilia no tratamento de distúrbios digestivos funcionais que ocorrem nas hepatopatias.

Atua de forma benéfica como adjuvante no tratamento das doenças hepáticas inflamatórias crônicas.

É excelente digestivo, diurético, estimulante, protetor e curativo do fígado como no caso de cirrose hepática, esteatose hepática e hepatite.

Ação hepatoprotetora contra o paracetamol, radiação, sobrecarga de ferro, faloidina e tetracloreto de carbono. Essa ação pode ocorrer pela inibição da formação de peróxidos lipídicos, eliminação de radicais livres, mudança das propriedades físicas das membranas celulares e pela redução da fibrogênese hepática.

Promove o crescimento de novas células do fígado, motivo o qual se recomenda o tratamento de hepatite, cirrose, e quando se ingere drogas que podem causar dano hepático como efeito colateral.

A silimarina é uma flavolignina citada em diversas publicações farmacêuticas no tratamento de distúrbios que envolvem a presença de radicais livres, devido á sua ação antioxidante.

A silimarina protege a função hepática e também a reestabelece sendo assim anti-hepatotóxica.

Possui também a propriedade de ser hipertensor.

Bebidas alcoólicas, podem ser um dos principais agentes externos que agridem o fígado. Essa agressão pode levar a um processo inflamatório, seguido de infiltração gordurosa que pode evoluir para fibrose progressiva, podendo culminar com a cirrose hepática e todas as suas consequências.

 

A fruta do cardo-mariano melhora a circulação abdominal, é útil nas hemorragias uterinas e em problemas menstruais. Usado também no tratamento de varizes e úlceras.

 

Toxicidade e Contraindicações:

 

Contraindicações:

 

Casos de grave oclusão das vias biliares / obstrução mecanica das vias biliares.

Hipersensibilidade a Silimarina.

Reações adversas:

 

Epigastralgias, diarreia, reações cutâneas alérgicas.

Não foram apresentados efeitos embriotóxicos, podendo ser administrado durante a gravidez e lactação – recomendamos, mesmo assim, somente ingerir a Silimarina com prescrição médica.

 

Dosagem e Uso:

 

Pó: 1 a 2g ao dia;

Tintura: 2 a 5mL ao dia;

Extrato Fluido: 1 a 2mL ao dia.

Entre em contato conosco:

aldeiadaservas@gmail.com, Tel (011) 4192-4772, Whats: (011) 94161-3764

Orientações:

 

O pedido só será manipulado após a conclusão do mesmo, seguindo as normas preconizadas pela ANVISA.

Todas as informações descritas no site são embasadas por artigos científicos e laudos dos fornecedores, não caracterizando propaganda ou estímulo a automedicação.

Procure sempre a orientação de um profissional habilitado, evite a automedicação. Qualquer medicamento seja ele de origem natural ou sintética oferece riscos.

Imagens meramente ilustrativas.

É permitida às farmácias e drogarias a entrega de medicamentos por via postal desde que atendidas as condições sanitárias que assegurem a integridade e a qualidade dos produtos, conforme legislação vigente.

O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por meio remoto.

RDC 44 de 17 de agosto de 2009

As embalagens não podem ter alegações terapêuticas. (Lei 5991/73)

Mantenha todo e qualquer medicamento ou produtos para adultos longe do alcance de crianças;

Manter esse produto longe de fontes de umidade, calor e luz direta. Temperatura de melhor conservação: 15 a 30º C;

Nunca use produtos com validade vencida.

Esse produto não é indicado para gestantes e lactantes, sempre consulte um médico nesses casos;

Pessoas com hipersensibilidade às substâncias contidas na formulação não devem ingerir o produto;

Em caso de hipersensibilidade, interrompa o uso e procure um médico.

Referências Bibliográficas:

 

http://florien.com.br/wp-content/uploads/2016/06/CARDO-MARIANO.pdf

http://iberoquimica.com.br/Arquivos/Insumo/arquivo-114047.pdf

http://files.bvs.br/upload/S/1413-9979/2012/v17n1/a2842.pdf

https://scielo.conicyt.cl/pdf/infotec/v18n5/art09.pdf

 

R$ 38,00 R$ 25,00
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Aldeia das Ervas é Pioneira em Manipulação de Medicamentos e Receitas, aqui você encontra os melhores produtos e profissionais do mercado, para atender suas necessidades e garantimos os melhores produtos e qualidade.

Selos
  • Site Seguro

Aldeia das Ervas - CNPJ: 22.103.399/0001-79 © Todos os direitos reservados. 2020